Necessidades e desejos, fantasias e vícios

terça-feira, 24 de setembro de 2013

por Simone Weil

O primeiro caráter que distingue as necessidades dos desejos, das fantasias ou dos vícios, e os alimentos das guloseimas ou dos venenos, é que as necessidades são limitadas, assim como os alimentos que lhes correspondem. Um avaro nunca tem ouro suficiente, mas para todo homem, se lhe derem pão à vontade, haverá um momento em que terá o suficiente. O alimento traz a saciedade. Acontece o mesmo aos alimentos da alma.


O segundo caráter, ligado ao primeiro, é que as necessidades se ordenam em pares de contrários, e devem combinar-se num equilíbrio. O homem precisa de alimento, mas também de um intervalo entre as refeições; precisa de calor e de frescura, de repouso e de exercício. Igualmente para as necessidades da alma.
CopyRight © | Theme Designed By Hello Manhattan